banner desktop banner mobile

Estágio na Medicina: Estágios não remunerados na medicina valem a pena?

Estágio na Medicina: Estágios não remunerados na medicina valem a pena?

Teoria e conhecimento científico são muito importantes, mas nada se compara ao aprendizado que adquirido na prática, não é mesmo? Por esse motivo o estágio na medicina é uma etapa obrigatória, e acontece nos dois últimos anos do curso, o tão aguardado internato!

Além da etapa de Internato, o estudante de medicina pode optar por fazer um estágio extracurricular, que é um estágio não remunerado e voluntário. 

Mas será que vale a pena fazer um estágio não remunerado na medicina?

Hoje vamos tirar algumas dúvidas sobre o estágio na medicina, e no final ainda te damos 3 dicas para conseguir um estágio e enriquecer seu currículo! Continue lendo e descubra!

Porque os estágios não remunerados na medicina são importantes? 

Teoria e prática andam juntas no decorrer da faculdade. As atividades práticas dão ao estudante a oportunidade de colocar a mão na massa, pois é assim que o futuro médico vai tendo cada vez mais confiança para executar os procedimentos que aprendeu nas páginas dos livros. 

Em primeiro lugar, o estágio, seja ele obrigatório ou não, é um momento importante para conhecer a rotina do hospital, vivenciar as diversas especialidades e também poder praticar com supervisão, o que pode ser uma grande vantagem na sua preparação para a prova prática de residência médica!

Além disso, os estágios podem contar pontos para o seu currículo, aumentando sua pontuação nessa etapa rumo a aprovação na residência médica.

É possível encontrar estágios na medicina com curta duração e baixa carga horária, o que pode ser uma ótima opção para o período das férias.

Separamos aqui 4 locais para estágio de medicina que valem muito a pena, confira:

estagio-hospital-siriolibanes-sobramfa-imt-pequenoprincipe-fmrp-hcrp-iep-medperformance-med-medcoach

Estágio Medicina: 4 estágios não remunerados na medicina que valem a pena

#1 Estágio Medicina no Hospital Sírio-Libanês

Mundialmente conhecido por ser um dos melhores hospitais para prestar residência médica no Brasil, devido sua moderna estrutura hospitalar que conta com uma tecnologia de ponta que potencializa as atividades dos residentes, sejam elas presenciais ou a distância, a instituição é uma das mais concorridas nas provas de residência médica.

O Hospital Sírio-Libanês conta com um programa de estágio, onde o futuro médico tem a oportunidade de acompanhar, como observador, a rotina da área que escolheu. Sempre sob a supervisão de um médico, ou algum profissional da saúde. 

Ele pode participar de atividades assistenciais e educacionais das diferentes especialidades e setores do hospital, assim como reuniões científicas e discussões de casos.

Portanto, além de conhecer os principais e mais importantes conceitos do relacionamento entre médico e pacientes, que se baseiam no respeito, comunicação efetiva e empatia.

Podem se candidatar para as vagas estudantes que estão, pelo menos, no 7º semestre de medicina, ou que estão fazendo residência.

#2 Estágio de medicina na SOBRAMFA – Educação Médica e Humanismo

A Sobramfa tem como foco a atuação nas áreas de Clínica Médica, Medicina Interna, centralizado em cuidados voltados para adultos e idosos, além de medicina preventiva e cuidados paliativos. 

Também presta serviços em hospitais, ambulatórios, instituições de longa permanência, empresas e realiza atendimento domiciliar.

Seguindo a mesma linha do estágio no Sírio-Libanês, o aluno irá acompanhar os professores da SOBRAMFA em suas atividades diárias nos setores: hospitalar, casas de repouso e visitas domiciliares. A cada dia da semana o cenário será diferente, com o propósito de poder conhecer as rotinas de diferentes locais de atuação.

Isso proporciona ao aluno uma experiência focada no princípio básico da área, a medicina focada no paciente e não só na doença. 

As atividades práticas vão consistir em ambulatório, que é o acompanhamento dos pacientes no ambulatório, de forma que faça a construção de vínculo, tratamento de vários problemas e prevenção de saúde.

O aluno também tem práticas em visitas domiciliares, com a finalidade de atender médias e altas complexidades na casa do paciente, assim como desenvolver essa habilidade de fazer visitas nos domicílios e ver o relacionamento familiar.

O estágio na SOBRAMFA tem duração de duas semanas, mas para aqueles que podem fazer um estágio eletivo na época do internato, podem optar pelo estágio mensal. 

Além disso, ele é mais abrangente, aceitando estudantes de medicina que estejam cursando do 1º ao 6º ano. O aluno vai receber uma grade com as atividades que ele vai desempenhar, de acordo com o período em que ele vai estagiar.

No site oficial da SOBRAMFA está descrito de forma detalhada informações referentes aos estágios, como quais são as atividades práticas e teóricas, além de tirar várias dúvidas.

#3 Instituto de Medicina Tropical

O IMT tem um diferencial quando se trata dos seus programas de estágios: o aluno deverá ser aprovado por um supervisor de Laboratórios do IMT, e a instituição do aluno precisar ser uma conveniada com o IMT.

Então, é necessário entrar em contato com o coordenador ou setor de estágio para saber se há convênio e, caso exista, é preciso procurar a Divisão Técnica do Instituto de Medicina Tropical.

Caso a instituição ainda não tenha um convênio com o IMT, será necessário formalizá-lo. O aluno deverá entrar em contato com o setor de estágio de sua instituição ou com o coordenador de estágio de seu curso.

#4 Você pode fazer seu estágio de medicina obrigatório na FMRP-USP

Assim como o IMT, a faculdade de medicina da USP Ribeirão Preto, para ingressar no programa é obrigatório que exista convênio entre a sua Faculdade e a FMRP-USP.

Devido a grande demanda de estágios, o número pequeno de vagas existentes, já que a maior parte dos estágios são utilizados por seus próprios estudantes, a FMRP-USP mantém convênios apenas com públicas, filantrópicas ou confessionais. Não são estabelecidos convênios com Instituições de Ensino com fins lucrativos. 

Mesmo assim, quando há vagas, a FMRP-USP aceita estudantes externos, mas apenas para estágios curriculares obrigatórios. Não recebendo estagiários voluntários, optativos ou em período de férias.

Mesmo assim, se você estiver na fase de estágio curricular obrigatório, a FMRP-USP é uma excelente opção para apostar!

medcoach-medperformance-ebook-roteiro-completo-residencia-medica

Vale a pena realizar estágios não remunerados de medicina?

Sim, realizar estágios não remunerados na medicina valem muito a pena! 

Além de contar pontos no currículo, o estudante passa a ter outra visão da rotina de um médico, fora o contato com várias especialidades médicas e profissionais renomados.

Outro ponto importante, é que no estágio o estudante pode começar a criar sua rede de contatos! 

Se você já pensa na residência médica, seria interessante tentar um estágio voluntário na instituição que tem interesse, assim já começa a entender melhor como ela funciona, e pode tomar uma decisão mais assertiva.

Você sabia que priorizando e fazendo análises dos hospitais e provas que irá prestar residência médica, você consegue economizar dinheiro e energia?

Você tem dúvidas sobre quais hospitais escolher? Então confira o CheckList de Hospitais e Provas para te ajudar: 

medcoach-medperformance-checklist-hospitais-provas-residencia-medica

3 dicas de ouro para conseguir um estágio na medicina, definir seus objetivos e potencializar seu currículo

#1 – Estabeleça seu foco

Mantenha o foco no seu objetivo! 

Já tem alguma especialidade em mente? Sabe quais são as instituições referências nas áreas que você tem interesse? 

Então procure oportunidades naquelas áreas da medicina que você já tem mais interesse e facilidade, que se encaixam no seu perfil.

Escolha também uma instituição em que você tenha interesse em prestar provas de residência médica depois.

#2 Como está seu currículo? Não esqueça de analisar ele!

Independente de qual período em medicina você esteja, não deixe de se envolver em atividades extracurriculares, científicas e projetos de extensão universitária. 

Eles vão ajudar a enriquecer seu currículo!

Não esqueça das palestras, simpósios e eventos médicos e acadêmicos, seja como ouvinte ou mesmo apresentador. Ambos contam muito em seu currículo e vão te ajudar a se destacar na busca por uma vaga como estagiário.

#3 Conte com a ajuda de quem entende do assunto

Ainda não sabe como definir seus objetivos para a carreira? Bem, você não pode demorar mais para decidir! 

Sabia que existem técnicas e metodologias que podem te ajudar a identificar seus objetivos e definir, de forma segura, qual é a residência médica que se encaixa neles?

Então não corra o risco de apostar na residência médica errada, gastando tempo e dinheiro com ela.

Descubra o que a MED pode fazer por você!

medperformance-medcoach-master-jornada-residência-médica

Quer ter acesso aos nossos conteúdos? Então nos siga em nossos canais de comunicação:

Facebook, Instagram, Youtube, Linkedin, TelegramWhatsApp

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL