banner desktop banner mobile

Síndrome de Burnout na Medicina, saiba mais sobre!

Síndrome de Burnout na Medicina, saiba mais sobre!

Primeiramente, já ouviu falar sobre o impacto da Síndrome de Burnout na Medicina?

A Síndrome de Burnout, também conhecida como a síndrome do esgotamento profissional, afeta milhões de trabalhadores pelo mundo todo.

Mas você sabe qual é a relação que a síndrome de burnout e a medicina tem?

Ela pode afetar todo tipo de profissional, mas, de acordo com uma pesquisa que foi publicada em 2012 pelo Archives of Internal Medicine, a Síndrome de Burnout atinge especialmente os médicos.

Esse dado pode ser comprovado quando foi realizado um debate durante o “I Encontro Nacional dos Conselhos de Medicina”, em 2017, onde foi levantado o dado de que 46% dos médicos brasileiros já relataram esgotamento em algum momento da sua carreira.

Ao ser diagnosticado a causa como síndrome de burnout, que se trata de um distúrbio psíquico ligado à depressão, foi ressaltado também que sua principal causa são as condições de trabalho ao qual o médico está exposto. 

Dessa forma podemos ver que a síndrome de burnout afeta principalmente os profissionais que estão em constante contato com estresse, igualmente como pressão no trabalho, o que é algo muito comum no dia a dia dos profissionais de medicina, assim como os demais profissionais da área da saúde. 

Portanto, se você quer saber mais sobre a síndrome de burnout e a medicina, quais são os impactos dela, quais as especialidades mais afetadas pelo burnout e por fim o motivo pelo qual os estudantes de residência médica são tão afetados, continue lendo este artigo!


Leia também: Saiba como ser aprovado na residência médica, sem estresse e com qualidade de vida!


O que é a Síndrome de Burnout? 

Atualmente, a definição mais utilizada para burnout é a de Maslach e Jackson, que diz sobre ela:

“Uma síndrome multidimensional constituída por exaustão emocional, desumanização e reduzida realização pessoal no trabalho”. 

Em resumo então, a Síndrome de Burnout ou Síndrome do Esgotamento Profissional se trata de um distúrbio emocional com sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico.

Ela é o resultado da exposição intensa à situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade. Sendo muito comum em profissionais que atuam diariamente sob pressão e com responsabilidades constantes, como é o caso dos médicos, e demais profissionais da área da saúde.

Dessa maneira, a síndrome em questão pode acabar resultando em um estado de depressão profunda.

Sintomas da Síndrome de Burnout

  • Perda do entusiasmo;
  • Distanciamento emocional;
  • Exaustão;
  • Perda do sentimento de realização pessoal;
  • Sentimentos de cinismo.
  • Cansaço excessivo, físico e mental.
  • Dor de cabeça frequente.
  • Alterações no apetite.
  • Insônia.
  • Dificuldades de concentração.
  • Sentimentos de fracasso e insegurança.
  • Negatividade constante.

Leia também: Saiba se o medo de ser aprovado na residência atrapalha seus estudos!


Porque a Síndrome de Burnout é mais comum em médicos?

No dia a dia, os médicos são constantemente levados ao extremo em seu trabalho, tanto em sentido físico como em sentido emocional, o que resulta na desmotivação, esgotamento e cansaço. 

Além disso, sua rotina acaba fazendo com que ele tenha uma vida social e familiar reduzida, fazendo com que ele tenha menos horas de descanso e lazer. 

Os médicos estão constantemente expostos a cobranças excessivas, exigências de resultados associados à baixos custos, longas jornadas de trabalho, pouco reconhecimento, reclamações de pacientes, baixa remuneração, entre tantos outros fatores.

Isso explica o porque a classe médica é mais suscetível a desenvolver a síndrome de burnout, visto que o contato constante com situações de urgência e emergência, pessoas doentes sobrecarregam o profissional nos sentidos emocional, físico e mental. 

Contudo, os estudantes também podem sofrer dessa síndrome, devido a alguns fatores que veremos à seguir. 


Leia também: Como controlar a ansiedade na carreira médica?


medcoach-medperformance-ebook-especialidades-medicas


As 10 das especialidades médicas que mais sofrem com a síndrome de Burnout na medicina:

Essa mesma pesquisa que indicou o alto impacto de burnout em médicos, apontou também algumas especialidades que são mais suscetíveis ao burnout, sendo elas: 

  • Terapia Intensiva
  • Medicina de emergência
  • Cirurgia Geral
  • Medicina da família
  • Infectologia
  • Medicina Interna
  • Radiologia
  • Ginecologia e Obstetrícia
  • Neurologia
  • Urologia

Posteriormente, as especialidades em que seus profissionais demonstram uma maior satisfação com seu trabalho são as seguintes: 

  • Dermatologia
  • Oftalmologia
  • Alergia/imunologia
  • Patologia
  • Psiquiatria

medcoach-medperformance-ebook-organizador-estudos


A Síndrome de Burnout na Medicina – Residência Médica

Conforme vimos, a síndrome de Burnout afeta profissionais que enfrentam uma exposição prolongada ao estresse na situação de trabalho, entretanto, os mesmos sintomas têm sido descritos por estudantes, em sua grande maioria os do curso de medicina. 

Não existe nenhuma surpresa quando falamos sobre as dificuldades e estresse do dia a dia do trabalho dos médicos, e essa rotina assim como seus desafios, se estendem também aos estudantes de medicina, igualmente como os residentes e futuros residentes. 

Isso acontece pois na medicina os estudantes são pré-profissionais, visto que estão em um constante contato próximo com a área, suas atividades, responsabilidades e dificuldades, por meio de estágios, aulas práticas, internato, entre outros aspectos. 

Toda essa sobrecarga de cobranças e estresse que vem crescendo durante todo o curso, chega a passar do limite quando o médico, ou futuro médico, chega na etapa de prestar o concurso de residência médica, e qual o resultado?

Baixo desempenho, falta de motivação, dificuldade para aprender, conteúdo atrasado, incerteza sobre o futuro, entre tantos outros problemas que vão fazer o sonho de conseguir uma vaga na residência médica ficar ainda mais distante. 

Esses são alguns sintomas da síndrome de burnout na medicina que vemos nos médicos.

Leia também: Inteligência emocional para as provas de residência médica!


medcoach-medperformance-checklist-hospitais-provas-residencia-medica


Você também se sente assim?

Essa, infelizmente, é uma sensação e um problema comum entre os candidatos à residência médica, que muitos inclusive já até atuam em plantões como generalista, então estão em contato com o ambiente estressante do hospital. 

Podemos ver isso claramente em muitos de nossos alunos que chegam aqui com essas mesmas queixas, dizem que estão perdidos, mas no decorrer do programa conseguem recuperar a alegria e motivação para se prepararem para as provas de residência médica.

Confira algumas histórias de transformação dos nossos treinandos:

Já atuamos no universo médico desde 2012, e nesse tempo mais de 30 mil médicos tiveram acesso aos nossos conteúdos, e atendimento personalizado com nossos psicólogos especialistas em carreira médica, onde cada sessão é totalmente focada no objetivo individual do treinando. 

Com nossos métodos revolucionários de estudos e mudança de hábitos, temos 87% de aprovação dos nossos alunos em provas de residência médica em mais de 60 instituições no país.


O que a MED pode fazer por você:

medcoach-medperformance-residencia-medica-sindrome-burnout

Com acompanhamento individual e personalizado de um treinador especialista na metodologia MCX, exclusiva da MED, você vai alcançar os seus objetivos na carreira, com motivação, autoconfiança e estratégias para toda a sua vida.

Na MED você consegue melhorar a produtividade da rotina e encarar os desafios da vida com menos estresse e mais qualidade de vida.

Dessa forma podemos concluir que a síndrome de burnout na medicina é muito mais presente do que nas demais profissões. E isso ocorre devido ao constante estresse e sobrecarga que tanto os profissionais formados quanto os futuros profissionais acabam expostos. 

Por fim, vimos também como esse problema pode custar a tão sonhada vaga na residência médica para aqueles que almejam se tornar especialistas. O nosso sonho é ajudar você a realizar o seu, conquistar uma vaga na residência médica, e estamos aqui para te ajudar a alcançá-lo. 

Quer conhecer mais sobre o nosso trabalho? Então confira nossos outros programas de preparação para residência médica, clicando aqui!

Contudo, se quiser saber mais sobre nossos programas, assim como tirar alguma dúvida, pode entrar em contato com nossa equipe de especialistas.

medperformance-medcoach-master-jornada-residência-médica

Quer ter acesso aos nossos conteúdos? Nos siga em nossos canais de comunicação:

Facebook, Instagram, Youtube, Linkedin, TelegramWhatsApp

Conteúdos relevantes

Deixe um comentário

Dar nossa contribuição para a carreira médica é o melhor jeito de contribuir com a evolução da saúde no país. Junte-se a mais de 35 mil médicos e receba dicas e conteúdo exclusivo.

RECEBA GRÁTIS CONTEÚDOS EM SEU E-MAIL